Skip to content Skip to footer

Viagem à Madeira: entre a natureza e o bom vinho

Sabias que a Europa tem o seu próprio Havai?

O arquipélago da Madeira é frequentemente comparado com o Havai e não é difícil perceber porquê.

Tempo primaveril durante todo o ano. Montanhas que se elevam de um oceano azul profundo. Uma abundância de frutos exóticos e frutos do mar. Vinhos incríveis.

Também chamada “a pérola do Atlântico”, a Madeira é na realidade um pequeno arquipélago de ilhas vulcânicas, formado não só pelas ilhas habitadas, que são a Madeira (as maiores) e Porto Santo, mas também por dois pequenos grupos de ilhas desabitadas e selvagens.

A forma ideal de visitar a Madeira é alugar um carro e explorá-la sem limites de tempo. Um dia típico é passado em águas turquesas, passeando por museus e monumentos, provando especialidades locais que irão deliciar o seu paladar e descobrir novos sabores.

Funchal, a capital, é também a maior centro da ilha e um importante centro comercial. Construída em 1421, foi elevada a uma cidade em 21 de agosto de 1508. Está localizada na costa sul da ilha e é um dos portos de cruzeiro mais famosos do Oceano Atlântico.

Viagem à Madeira: o que ver em Funchal

Um grande ponto de partida para explorar Funchal é o colorido Mercado dos Lavradores, onde se pode comprar uma grande variedade de flores exóticas, frutas tropicais, legumes, peixe fresco e artesanato local.

O Mercado dos Lavradores é um espetáculo único. Vendedores de flores em vestidos tradicionais e saias cor de arco-íris. Comerciantes de peixe empunhando machetes para cortar o atum e o temido peixe-espada.

O peixe-espada preto é o peixe favorito da Madeira: a sua carne branca e firme é servida em todo o lado, muitas vezes em combinações saborosas com bananas fritas e maracujá.

Quase tudo no mercado cresce aqui. As bananas da ilha estão cheias de sabor e existe uma variedade de maracujás, papaias, mangas, maçãs.

Na capital, a “zona velha“, a parte velha da cidade, com as suas casas brancas que tornam a atmosfera ainda mais animada e brilhante. Ao contrário do que o seu nome possa levar a crer, este distrito é o centro da vida noturna da Madeira, com muitos bares e restaurantes nas antigas casas de pescadores.

Se estiveres interessad@ em jardins e parques, não há nada como uma visita ao Jardim Botânico, que, além de um número impressionante de flores, tem também um pequeno museu e um miradouro a partir do qual pode admirar o porto do Funchal em toda a sua glória.

Para além deste jardim, no Funchal também podes visitar o Parque Municipal ou o Jardim Panorâmico, com vistas deslumbrantes sobre o Atlântico. A Madeira goza também de um clima invejável com temperaturas que variam entre os 17 e 25 graus durante todo o ano.

Viagem à Madeira: trilhas e piscinas vulcânicas

Se o centro oferece um passeio quase interminável, pontilhado de clubes, bares e restaurantes no oceano, a melhor vista é de cima.

A Madeira oferece todos os tipos de trilhas… para os caminhantes é um verdadeiro paraíso na terra! Do Funchal, localizado junto ao mar, são apenas alguns minutos até ao Pico Ruivo, a uma altitude de mais de 1800 metros.

Quanto às praias, esqueça as praias de areia, brancas…. Sendo uma ilha de origem vulcânica, as praias da Madeira são quase todas escuras, com seixos e rochas.

No entanto, existem duas praias artificiais de areia de cor clara importada: a Praia da Calheta e a Praia de Machico. Ambos estão protegidos por pequenos quebra-mares, protegidos das correntes e ideais para nadar.

Mas uma das paisagens mais excitantes é certamente a das piscinas naturais do Porto Moniz, no norte da ilha, enquanto as melhores praias arenosas se encontram na pequena ilha do Porto Santo.

A praia do Seixal é a mais bela praia da ilha. Com a sua areia preta, esta enseada está abrigada das ondas e acessível a todos, incluindo as crianças. Há também um penhasco vertiginoso adornado com quedas de água. Nas proximidades, encontrará também uma marina e algumas lanchonetes muito boas.

Porto Moniz, na costa noroeste, é uma estância balnear conhecida pelas suas piscinas vulcânicas naturais. Recomendamos as piscinas livres por serem as mais selvagens, mas as piscinas vulcânicas que podes pagar para nadar também podem ser um bom compromisso, especialmente se tiveres filhos. Além disso, o Porto Moniz tem um aquário (o único na ilha), que reúne todas as espécies encontradas na Madeira.

Viagem à Madeira: vinhos e adegas

A ilha não é apenas um paraíso natural, mas é também um paraíso gastronómico, especialmente para aqueles que gostam de fruta, peixe fresco e bom vinho.

A Madeira, de facto, é mais famosa pelo seu vinho fortificado, o Vinho da Madeira, um dos mais prestigiados do mundo, com os seus aromas intensos e envolventes.

Uma visita às adegas históricas da Madeira é um must, cada uma oferecendo emoções diferentes, tais como D’Oliveiras, a mais antiga adega da ilha, com o seu estilo tradicionalista, Henriques & Henriques em Camara de Lobos, a única adega da ilha com as suas próprias vinhas Verdelho e Sercial e que caracteriza a sua produção com envelhecimento em barris que continham whisky irlandês.

Se estás a pensar a planear uma viagem à Madeira, sabias que a Madeira, Açores, Lisboa, Porto e outros destinos portugueses fazem parte dos nossos destinos surpresa? Se mal podes esperar para voltar e descobrir novos lugares com comida e vinho, planeia aqui a sua próxima viagem.

Leave a Comment

A NOSSAS REDES SOCIAIS
Instagram
Facebook
COPYRIGHT

Toratora S.R.L. – 14901221003