Skip to content Skip to footer

Porto e o Vale do Douro, entre azulejos e degustações de vinho

Porto é uma das cidades turísticas mais populares em Portugal. A atmosfera acolhedora, a brisa oceânica, o famoso Vinho do Porto, as cores dos seus edifícios cheios de azulejos e as suas paisagens de cortar a respiração são os fatores chave deste sucesso.

Por tudo isto e muito mais o Porto é uma cidade a visitar pelo menos uma vez na vida.

A Ribeira: o coração do Porto

A beleza desta cidade com vista para o Oceano Atlântico respira-se em todas as ruas. Mesmo vagando sem rumo pelas ruas animadas dos seus bairros, ficas imediatamente fascinado.

E por falar em bairros, uma visita ao Porto tem de começar no seu coração palpitante, a Ribeira. Este distrito medieval, declarado Património Mundial pela UNESCO, está construído sobre uma colina que desce às águas do Douro, sobre a qual se refletem casas coloridas e pitorescas com varandas de ferro forjado.

A Ribeira é um bairro cheio de restaurantes e bares e é o ponto de partida para barcos que também levam os visitantes ao longo das margens do Douro, o rio que corre através da cidade. É a área perfeita para passar uma tarde ao ar livre, admirando as cores do pôr-do-sol e observando as gaivotas a voar, vendo as luzes da cidade acenderem-se gradualmente e os seus reflexos nas águas escuras do rio.

Porto: a passear pela cidade

Deixando a Ribeira para trás, é preciso ir à Igreja de São Francisco, uma igreja com um exterior gótico e um interior barroco, e depois à Sé do Porto, a imponente catedral que domina a cidade, uma estrutura que se assemelha a uma enorme fortaleza.

Outra paragem importante ao longo do caminho é a estação central de comboios, a chamada São Bento. Esta estação é um verdadeiro encanto: no interior as paredes estão completamente decoradas com azulejos, graças aos quais é possível reviver tanto a história dos transportes até ao advento do comboio, como acontecimentos importantes na história do país.

A Torre dos Clerigos é também uma atração para muitos e as filas de espera para chegar ao topo são muitas vezes bastante longas. Mas se quiseres desfrutar de uma vista impressionante sobre os telhados da cidade, vale definitivamente a pena esperar e caminhar os 240 degraus para a alcançar. A entrada inclui também uma visita à igreja e uma visita a um pequeno museu.

Finalmente, se estiveres apaixonado pelos azulejos brancos e azuis e quiseres tirar algumas fotos, o lugar certo é a Igreja do Carmo, um exemplo típico da arte rococó, que pode ser visitada lá dentro ao preço de 3,50 euros.

A magia da Livraria Lello e Irmȃo

Um must para aqueles que vão de férias ao Porto é a Livraria Lello & Irmȃo, uma das mais belas livrarias do mundo, situada mesmo no centro histórico da cidade. Andando pelo centro não se pode deixar de notar, a sua fachada é uma mistura de dois estilos, Neo-Gótico e Art Nouveau.

Mas se a fachada da livraria intriga, é quando se entra que se fica extasiado. É no interior, de facto, que podes perceber a verdadeira magia deste lugar maravilhoso. No centro da sala, inteiramente em madeira, uma majestosa escada em forma de onda vermelha guia o visitante para a parte superior onde há livros até onde os olhos podem ver, em qualquer língua.

Sabias que a magia deste lugar está ligada a Harry Potter? Os fãs do feiticeiro de Hogwarts certamente gostarão de visitar esta maravilha e descobrir que a escritora J.K. Rowling foi inspirada por este mesmo lugar tanto para as escadas da famosa escola de magia como para a livraria em Diagon Alley.

Paga-se apenas 4€ para entrar e a taxa de entrada é depois convertida num vale de livro. Fantástico, não achas?

Porto: um lugar de… vinho

A cidade do Porto distingue-se pela excelente qualidade do vinho produzido no Vale do Douro. Este vinho vai deixar-te sem palavras! O Vinho do Porto é considerado um dos melhores vinhos licoroso de sempre e com o seu teor alcoólico de cerca de 20%.

O vale onde é produzido foi declarado Património Mundial pela UNESCO em 2001, e a peculiaridade deste vinho é que é produzido apenas com uvas da região do Douro. Assim, se estás no distrito da Ribeira, não podes evitar provar os 7 tipos de vinho do Porto e escolher o seu favorito.

Basta atravessar a imponente ponte de ferro Dom Luís I para chegar à margem sul do Douro, onde podes provar vinhos das adegas da zona. Aqui podes participar em visitas guiadas para aprender sobre a história e a produção deste tesouro português. No entanto, com moderação, caso contrário será difícil recordar qualquer coisa sobre a experiência da prova de vinhos.

As especialidades culinárias do Porto

É verdade, não há viagem sem o seu próprio sabor específico. O vinho do Porto é prova disso, mas também a comida típica desta cidade vai ajudar-nos a mantê-la viva na nossa memória quando regressarmos a casa.

Em primeiro lugar, ficarás surpreendido com o pouco que vais gastar em comida, e o Porto é uma das cidades portuguesas que te permite experimentar o melhor da cozinha tradicional do país.

Tens de provar o caldo verde, uma sopa de batatas, cebola, couve e chouriço (carne de porco), que se come durante as festas tradicionais portuguesas. Outra refeição tradicional no Porto são os pastéis de bacalhau, croquetes de peixe dourados por fora e macios por dentro.

Costuma-se dizer que há mais receitas de bacalhau do que dias num ano. Isto dá uma boa ideia da quantidade de bacalhau que é utilizada na tradição culinária local.

A francesinha, a sandes de presunto e queijo de inspiração francesa, também vale a pena experimentar. E para terminar, não pode faltar a típica sobremesa do Porto, a torta macia e esponjosa de Azeitȃo coberta com gema de ovo.

Serás capaz de resistir à tentação de tantas especialidades? Tudo isto num contexto artístico e cultural que irá enriquecer as tuas férias nesta maravilhosa cidade com vista para o Atlântico.

Leave a Comment

A NOSSAS REDES SOCIAIS
Instagram
Facebook
COPYRIGHT

Toratora S.R.L. – 14901221003